.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

terça-feira, 13 de maio de 2014

-DICAS NO PREPARO DA HOMILIA - José Salviano

DICAS NO PREPARO DA HOMILIA

O NOSSO OBJETIVO É AJUDAR NA CATEQUESE

INTRODUÇÃO
            
Não pretendemos aqui ser os donos da verdade, ou especialistas  no preparo de uma homilia. É que depois de anos de experiência tanto como professor como catequista, sentimo-nos no dever de compartilhar um pouco dessa experiência com nossos irmãos engajados no anúncio da palavra. Trata-se  apenas de algumas sugestões que possam facilitar a evangelização dos seminaristas e dos leigos principiantes, com objetivo de evitar a baixa qualidade da catequese e a repetição constante das mesmas palavras ou idéias.
            Mesmo porque, o sacerdote tem de administrar uma realidade de repetição anual dos mesmos textos do Evangelho, e isso somando com a sua falta de tempo no devido preparo principalmente da HOMILIA DOMINICAL, mesmo sendo um santo homem de Deus, inspirado pelo Espírito de Verdade, ele é humano sujeito a falhas, entre outros desafios que precisa enfrentar no seu dia-a-dia. E por isso, poderá encontrar vez por outra dificuldades de atualizar e melhorar a sua fala, sua catequese dominical, e assim proporcionar mais conversões. 
            Muitos querem saber. Além da inspiração do Espírito Santo, qual é o segredo, qual é a mágica no preparo de uma boa homilia?  A resposta é sempre a mesma: Não existe nenhuma mágica, nem muito segredo. Inspiração, sim. Ela é indispensável. Porém, se não fizermos a nossa parte, se não nos concentrar na ordenação dos nossos esforços e do nosso tempo, a inspiração se dispersa, se perde.
            Podemos tomar como exemplo, um domador de animais. Ele consegue fazer o que nenhum de nós se atreveria a tentar, pelo fato de dominar técnicas definidas e específica no trato com determinado animal, após estudá-lo.  Para cada tarefa da nossa existência, existe sempre um modo melhor, ou um modo certo de fazê-la, com facilidade crescente, sem desprendimento excessivo de energia.  Exemplo: É o que acontece com um policial treinado em técnicas de auto-defesa. Ele imobiliza o criminoso com a maior facilidade, sem se estressar, e sem desperdiçar energia.
            Assim também, salvo extremas exceções, nunca queira sentar e preparar a sua homilia de um fôlego só. Ou seja, começar e só se levantar quando terminar. Principalmente para uma pessoa  que tem sempre uma agenda lotada.  Agindo assim, mesmo que você seja um gênio, uma pessoa muito preparada, vai chegar o momento que suas homilias cairão inevitavelmente nas repetições e na baixa qualidade, tornando-se cansativas.
IMPROVISO - Como já dissemos aqui, salvo raríssimas exceções, evite improvisar seu discurso. Isso pode até comprometer a doutrina da Igreja e os ensinamentos de Jesus Cristo. Com todo respeito ao seu preparo intelectual, cuidado com esse hábito. Ele é perigoso e desaconselhado. Não se ponha diante de uma assembléia de fiéis para improvisar, mesmo em confiança total a ajuda do Espírito Santo. Nunca se esqueça que a sua parte ninguém a fará. Nem  mesmo Deus. O preparo da sua homilia deverá ser feito por você. Deus quer o seu esforço. Ele não abre a sua cabeça para colocar nela todas a idéias e ensinamentos, mas sim, você deve correr atrás disso. Aí sim. Pode contar com a ajuda de Deus. Deus não nos dá a comida na boca. Mas nos proporciona os meios para trabalhar e conquistar o que precisamos.
COMO PROCEDER
            Reserve um tempo do seu dia, uma hora, ou 40 minutos, você decide,  para se dedicar de forma concentrada no preparo da próxima homilia, que geralmente será a do próximo domingo, ou do domingo seguinte a ele, e assim por diante. Prepare cada dia uma parte, um pedaço.  Saia da sua mesa de trabalhos com a seqüência ou o tema da próxima homilia no seu pensamento dominante. Enquanto dorme, come, enquanto convive com as pessoas, fica esperto, pois a qualquer momento, o Espírito Santo vai lhe apresentar em uma situação, um acontecimento, ou fato, uma nova inspiração para você acrescentar na sua homilia.  Viu por que não é bom fazê-la de uma só vez?
Comece na segunda-feira. E o seu ritual deverá ser:  Primeiro, oração pedindo perdão dos seus pecados, e depois  invocando a presença do Espírito Santo que o iluminará naquela santa tarefa.
Segundo momento: Leitura pesquisa, ou leitura dirigida. Ou seja, leitura de algum texto referente ao tema do Evangelho da referida homilia. Seja do Catecismo, seja de algum site, católico, é claro, ou blog de homilias, ou de liturgia diária.  Faça anotações . Não copie textos para colar em sua homilia. Se fizer isso coloque o nome do referido autor. Só que se você abusar deste expediente, o seu esforço como escritor, perderá o valor.  Outra coisa muito feia, principalmente para um ministro ordenado, é copiar uma homilia ou reflexão de alguém, e publicá-la em seu Site ou Blog colocando o seu nome no final, como se fosse você que a tivesse escrito, como se você fosse o autor, a autora.
            Você pode e deve pegar e adaptar alguma IDÉIA, e nunca copiar AS PALAVRAS OU TEXTO, sem colocar o nome do referido(a) autor(a).  Assim: Leia o texto, e o re-escreva com suas palavras, do seu jeito, modificando, cortando, exemplificado com a sua experiência vital e acrescentando suas idéias próprias. Isso não é PIRATARIA, não é cópia, nem desrespeito aos direitos autorais. Porque na realidade, tudo o que falamos e escrevemos não é  na verdade nossa opinião, mas sim, uma sequência do arsenal de tudo o que já lemos de outros autores, do que estudamos, ouvimos, aprendemos, experimentamos, sofremos, etc. Nada é totalmente nosso. Nascemos como uma página em branco. A vida e o nosso estudo foi escrevendo em nossa mente o que sabemos hoje.   
REPETIÇÃO - Até que ponto podemos repetir uma idéia, um assunto.  Veja. Os Textos do Evangelho se repetem o ano todo. O próprio  Jesus fez algumas repetições. Se os comerciais de T.V. e de rádio convencem pela repetição, no nosso caso, repetimos porque as pessoas se esquecem. Precisamos relembrar, precisamos reavivar a memória, desde que não exageremos pois isso leva ao desinteresse. Quando nos prontificamos a ouvir uma homilia, esperamos ouvir idéias e exemplos novos. Se ouvimos sempre as mesmas broncas, as mesmas observações, os mesmos exemplos, acabamos por nos enjoar...  
            Não escreva qualquer coisa que lhe venha na cabeça como se fosse inspiração. A inspiração é uma iluminação do Espírito Santo que aparece nas horas mais inesperadas. Geralmente acontece ao amanhecer. Para outros na madrugada, ou depois da janta... é isso aí. A inspiração não tem hora. Por isso carregue sempre com você caneta e papel para as anotações quando ela chegar.  Algumas vezes sentamos à mesa de trabalho para começar a escrever a próxima homilia e... NADA!  Nada nos vem no pensamento dominante!  Outras vezes, no banho, andando na rua, na Igreja, no trabalho, vendo um filme, a inspiração nos vem tão clara, tão forte, tão precisa, tão profunda...
            Muitas vezes a gente pega o texto do evangelho e pensa. Ah! Este aqui eu terei de pular!  Não tenho a menor idéia do que comentar neste Evangelho!  Algo nos diz: Tenha calma! De repente, a inspiração nos vem claramente através de um acontecimento ou assim do nada... O fio da meada está ali. E para escrever basta começar. O Espírito de luz vai nos ditando a continuação.
PESQUISA - A inspiração nos vem de acordo com a nossa experiência vital, de acordo com o volume das nossas aventuras, leituras e estudos. Um dia a dura realidade chega! Esgotou a fonte. E dizemos: Já escrevi tudo o que tinha para escrever. Daí para a frente, se insistirmos, vamos cair na repetição. Então, meu caro, minha cara, chegou a hora da pesquisa. Pesquisar o tema ou os temas da liturgia do próximo domingo.  Ler, anotar frases, idéias, daqui e dali, e com o nosso hábito de leitura diária, temos palavras para explicar aqueles tópicos que pegamos da pesquisa. Nessa faze da nossa experiência como evangelizador, as nossas homilias, as nossas palestras, vão tomar um ar de trabalho de pesquisa, refogado ou recheado com a inspiração do Espírito Santo.
LEITURA LIVRE - Imagine aquele aluno ou aluna que decorou ou memorizou o conteúdo de um assunto ou que vai expor lá na frente, o seu trabalho pesquisado. Ele vai falar depressa para não esquecer os tópicos, e para que termine logo o parto do espírito ou da mente, como dizia Sócrates, o filósofo. Terminada a sua exposição, ele respira aliviado por ter jogado para fora aquele cálice amargo, aquela tarefa temporária, e agora é só relaxar.  Outro exemplo é o de um guia de turismo. Ele explica tudo sobre os pontos turísticos, mas se você fizer a ele uma pergunta qualquer, assim como o aluno que acabou de  expor seu trabalho, não saberá responder nada. Isto porque não se aprofundaram no assunto, eles não leram mais nada sobre o referido tema.
            Nós costumamos dizer: É um homem profundo! Ele sabe tudo! Responde tudo! Dizemos isso para alguém que conhece muito sobre um determinado assunto. E sabemos que essa profundidade, ou bagagem intelectual, se  consegue mediante uma longa caminhada, numa longa experiência de pesquisas e principalmente de leituras. Quem domina um certo assunto, não ficará nervoso ou nervosa, quando é abordado para dizer algo mais sobre o mesmo. 
            A LEITURA LIVRE, ou leitura de fundo vai lhe ajudar muito no preparo de suas homilias, de suas palestras e de seus encontros catequéticos. Isto porque, no momento em que você vai escrever com suas palavras a idéia que captou de algum texto, de algum livro site ou Blog, é neste momento que vai aparecer a  facilidade ou dificuldade de brotar no pensamento dominante, as palavras certas. Se você é daqueles que lê bastante, não lhe faltarão palavras  tanto para explicar, falar como para escrever.  Desenvolva o bom hábito de leitura diária. Leitura livre.  Nós pensamos em frase. Exemplos: Hoje preciso ir ao banco. Amanhã eu vou à praia ,ou ao mercado. Assim, quanto mais frases colocarmos em nossa mente,  mais recursos ou conteúdo teremos para nos expressar seja por escrito ou por palavras. Através da leitura vamos enriquecer o nosso cérebro de frases que facilitarão a nossa redação.
ORAÇÃO- Essa é a parte mais importante no preparo da nossa homilia. Rezar, rezar e rezar.  Pedir perdão, pedir a assistência do Espírito de verdade, a sua luz e sua inspiração, para que possamos escrever o que Deus quer que o mundo saiba, para a sua conversão.  
EUCARISTIA  "Sem mim nada podeis fazer." Estar com Deus através da Eucaristia diária, é o  que mais necessitamos para elaborar a nossa homilia. A Eucaristia é abastecimento da nossa fé, da nossa espiritualidade, para que possamos anotar o que Deus nos dita através do Seu Espírito. Falar ou escrever sobre Deus e seu Plano, é muito difícil, para não dizer quase impossível, se não estamos embebidos de Jesus, se não estamos em estado de graça.
INVEJA - Não tenha inveja de alguém que fala ou escreve bem. Em vez de ficar atirando pedras ou botando defeito, trata de se esforçar para ser como ele.
            Para você que tem o dom da palavra, esteja certo(a) de uma coisa:  Haverão aqueles que vão admirar muito a sua pessoa, o seu talento dado por Deus, mas também haverá um grupo de pessoas que vai criticar ou botar defeito em seu desempenho. NÃO LIGUE. "Os cães latem mas a caravana passa" . Continue o seu trabalho. Lembre-se que: Na evangelização, nós trabalhamos para Deus. E não para fulano, ou para cicrana.



José Salviano 

24 comentários:

Unknown disse...

Lendo suas dicas me vem á memória, nosso amado Frei Ignácio Larrañaga, a Oração é a base de tudo as inspirações nos vem quando menos esperamos e em lugares diferentes. Se preocupar com palavras bonitas a homilia se torna vazia, o interesse pelo assunto a pesquisa nos faz evangelizadores com a chama acesa é colocaremos fogo neste mundo. Obrigado pelas palavras de conforto, animo e coragem. Que Deus em sua infinita Misericórdia o proteja.

Anônimo disse...

Disse, quem ja experimentou, a presença do ESPIRITO SANTO,pois essa presença faz com que 24 horas,por dia ,fiquemos pensando,captando ,e, principalmente ANOTANDO cada palavra,ou lampejos de luz sobre o que queremos transmitir. O texto acima e a expressao, verdade em si. JESUS.

Anônimo disse...

Obrigado por estas dicas tão importantes pois é verdade tudo começa pela a oração e que sempre peçamos a graça e ajuda do Espírito para fazer uma homilia que leva a Palavra de Deus primeiro ao homilista e depois os demais.

JC

Lemos disse...

Simples e objetivo, falar dentro do contexto e não inventar, o Espírito Santo nos conduz e somos levados ao conhecimento pleno da palavra de DEUS!!!

Maria Aparecida Cida disse...

Aprendi muito com essas dicas. às vezes fico com medo de falar para uma assembléia mas se deixarmos o espírito Santo agir transmitiremos a verdade fielmente

Anônimo disse...

Estou iniciando em homilias. As dicas lidas me fizeram refletir um pouco mais para me preparar (ser preparada pelo Espírito Santos!) Uns dois, três dias antes da homilia, me tranco no quarto e vou falando... falando... O interessante é que a cada vez que faço isso, o texto vem diferente! E eu fico orando para que o Espírito Santo de Deus não permita que eu me envaideça, que tudo que "eu" diga seja para tocar o coração dos ouvintes e para que nós saiamos dali cheios de Sal e Luz para os irmãos.

Anônimo disse...

EDICARLAS DISSE..............
FUI CONVIDADA A SER MINISTRA DA PALAVRA, ESTOU NA FORMAÇÃO, E RECEBI PERMISSÃO DO MEU PÁROCO PARA MINISTRAR A PALAVRA POIS MINHA COMUNIDADE ESTÁ SEM MINISTRO FORMADO, E BUSCO LER OS BLOGS, TEXTO, A PALAVRA E FAÇO PESQUISAS, PARA MIM PREPARAR PARA HOMILIA, SUAS DICAS FORAM MUITO PROVEITOSAS, POIS CONHECIMENTO NÃO OCUPA ESPAÇO. NESTE PRÓXIMO SÁBADO FUI CONVIDADA PARA MINISTRA A PALAVRA EM UMA GRANDE COMUNIDADE QUE ESTARÁ EM FESTA, JÁ ESTOU EM ORAÇÃO, JEJUM, E ESTUDANDO. QUE DEUS NOS ILUMINE EM NOSSO CHAMADO.VALEU, FIQUE COM DEUS, E CONTINUE NOS AJUDANDO.

Anônimo disse...

Gostei muito

Anônimo disse...

Achei importantíssimo o comentário a respeito de estar diariamente com Deus através da Eucaristia. Por experiência própria constatei que quando não estamos em estado de graça, é impossível passar uma mensagem através do que pregamos. As palavras fluem fazias, sem vida e sem interesse por parte da assembléia.
Suas dicas realmente serviu para que a cada dia eu me preocupe em manter esse contato com o Senhor e fazendo a minha parte, me prepararando, buscando outras fontes que possa enriquecer meu vocabulário e assim poder fazer uma boa reflexão da palavra.
Obrigado pela ajuda. Deus lhe abençoe.
O

Anônimo disse...

muito boas todas as intenções .que DEUS cada vez mais os iluminem amem

madalena alves disse...

fui convidada para participar do grupo de liturgia da igreja e tambem o p. de nossa paróquia nos ofertou um curso de liturgia, estou muito feliz sou mãe de um sacerdote e sempre que posso ajudo na liturgia , agora ao ler todas essas dicas estou animada em fazer o curso, sei que é preciso buscar conhecimento e pedir a sabedoria de DEUS e a unção do ESPIRITO SANTO. sei que posso melhorar muito e aprender a cada dia mais da palavra de JESUS. com carinho amor e dedicação vou trabalhando na messe do SENHOR JESUS. MADALENA ALVES.

Anônimo disse...

Ao ler suas dicas me fez relembrar de Frei Inacio da oficina de orções, foi muito bom. Gostei muito.
Obrigada.

SERGIO CARVALHO disse...

Sou diácono permanente, e procuro sempre me aperfeiçoar em minhas reflexões e homilias, e a cada dia através de leitura e técnicas de preparação vejo que venho evoluindo, lembrei até aquela passagem que diz que: "Deus não escolhe os capacitados e sim capacita os escolhidos". Suas dicas padre são excelente, o que mostra que com esforço e dedicação somos premiados com o reconhecimento de quem nos ouve e reflete somos nossas palavras. Porém temos aqueles que colocam defeitos em seu desempenho, para esses sua frase foi espetacular: "Os cães latem mas a caravana passa". Obrigado e continue com esse seu trabalho ...Paz e Bem ... Bons Ventos e Boas Rotas ... fique com Deus.

Anônimo disse...

ADOREI AS SUAS DICAS ESTOU COMEÇANDO NA CATEQUESE ESTOU PERDIDA E COM MEDO JULIANA

Anônimo disse...

A respeito de pedir perdão, quando formos orar, acho muito importante, pois como seres humanos imperfeitos que somos, n me sinto digna de transmitir a Palavra de Deus, porém peço perdão a Deus e peço ao Espirito Santo que haja em mim com todo seu poder, pois sei o quanto preciso de servir a Deus, só assim consigo me aproximar dele cada vez mais, me fortalecendo nas minhas fraquezas(pecados). Obrigada por compartilhar seus conhecimentos. Poliana Serra

Anônimo disse...

eu estou pensando em começar a fezer humilias presciso muito de conselhos.

Anônimo disse...

Achei muito interessante sua colocação sobre a inspiração do Espírito Santo, quando vamos preparar a nossa homilia para a celebração da Palavra, o Espirito Santo pode surgir a qualquer hora do dia ou da noite, em qualquer lugar. Ele pode nos inspirar nas coisas mais simples, e é na simplicidade que nos encontramos para fazer uma boa homilia. Nesta primeira Leitura do Livro de Amós 7,12-15 deste 15º Domingo do Tempo Comum, Deus escolhe uma pessoa simples pastor de gado e o manda em missão, o manda ser profeta para o povo de Israel. E Amós inspirado pelo Espírito Santo, disse seu sim a Deus, ai está a beleza que Deus revela a cada um de nós, busca alguém la do interior, provavelmente não muito instruído, e confia-lhe a missão de ser Profeta.

Anônimo disse...

quero agradecer pelo dia que hoje tive em em reuniao com tantos colegas ministro Extraordinarios da Eucaristia e vi tantas coisas bonitas ser faladas que me interessei por Homilias procurando lugar para entender Deus me levou nesta pagina obrigado suas orientaçoes foram um mapa para o conhecimento da palavra de Deus para ser levada aos irmaos!!!

Anônimo disse...

Foi maravilhoso ler as suas dicas. Sou Ministra da Palavra e sempre que vou presidir uma celebração, oito dias antes procuro ficar fazendo as leituras, para que me venham inspiração, sem que precise pegar palavras de outros ministros ou mesmo homilias. Foi muito importante tocar nesta questão de pedir perdão antes de iniciar a celebração.

Que a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo esteja sempre com VC.

Um forte abraço

Lili

Anônimo disse...

Que maravilha quando nos deparamos com alguém que pelo conhecimento e formação e pela ação do espirito santo nos indica um caminho a seguir . sou ministro da eucaristia e da palavra e4 posso dizer esta mensagem muito me ajudou...

Gerson Ribeiro disse...

Obrigado José Salviano por partilhar essa rica orientação no preparo da Homilia. Acredito que a partir de então minhas homilias não serão mais as mesmas. Um abraço.

Unknown disse...

acabo de entrar em contato com suas refrecoes que deus o abencoe

Lucélia Tôtolo disse...

É a primeira vez que leio as dicas para preparo das homilias. Achei muito válidas! Mesmo não fazendo homilias, as dicas me serão muito úteis no preparo das liturgias, pois acredito que também é preciso ler muito, pesquisar, refletir e, principalmente, deixar que o Espírito Santo aja em nós para que as nossas palavras, sejam ditas ou escritas, não sejam nossas, mas sejam palavras de Deus que irá nos tocar e também ao irmão. Que Deus o continue abençoando e iluminando, hoje e sempre!

Anônimo disse...

sou ministro extraordionario da palavra e costumo recorrer a ao site para me preparar,um conselho aos colegas ministros, a pior coisa é vc tentar decorar as homilias aqui postadas. muito boa as suas dicas Diacono, um abraço obrigado FRANCISCO DE ASSIS

Postar um comentário