.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Evangelhos Dominicais Comentados-Jorge Lorente


14/maio/2017 – 5o Domingo da Páscoa

Evangelho: (Jo 14, 1-12)

Jesus disse: “Não se perturbe o vosso coração. Credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se não fosse assim, eu vos teria dito, pois eu vou preparar-vos um lugar. Quando tiver ido e tiver preparado um lugar para vós, voltarei novamente e vos levarei comigo para que, onde eu estiver, estejais também vós. E vós conheceis o caminho para onde vou”. Tomé disse-lhe: “Senhor, não sabemos para onde vais, como podemos conhecer o caminho?” Jesus respondeu: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim. Se me conhecêsseis, conheceríeis também o meu Pai. Desde agora o conheceis e o tendes visto”. Filipe disse-lhe: “Senhor, mostra-nos o Pai e isto nos basta”. Jesus lhe disse: “Filipe, há tanto tempo estou convosco e não me conheces? Quem me viu, viu o Pai. Como podes dizer: mostra-nos o Pai?  Não crês que eu estou no Pai e o Pai está em mim? As palavras que vos digo, não as digo por mim mesmo. O Pai que habita em mim é que realiza suas obras. Crede em mim: eu estou no Pai e o Pai em mim. Crede ao menos por causa dessas obras. Na verdade eu vos digo: quem crê em mim fará também as obras que eu faço. E fará maiores ainda do que essas, porque eu vou para o Pai”.

Olá, você que continua firme na difícil caminhada rumo às maravilhas que os olhos humanos jamais viram! Existe um local preparado, com muito carinho por Deus para abrigar os seus filhos. Jesus afirma que nós conhecemos o caminho.

No entanto, é bom lembrar que nem todos os caminhos são bons, nem todos os atalhos nos levam aonde precisamos ir. Muitos caminhos não levam a lugar algum. Temos que conhecer e escolher o bom caminho, para chegar ao lugar certo.

Os caminhos de Jesus são difíceis, exigem coragem, persistência e, acima de tudo, a certeza de que só através de Jesus poderemos chegar ao Pai. O evangelho de hoje nos fala do caminho certo, fala do verdadeiro caminho que é Jesus.

Jesus afirma que Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida. “Tenham fé em Deus, acreditem em mim”. Ao dizer isso, Jesus está preparando seus discípulos para os momentos difíceis que logo mais, com a sua morte, eles deverão enfrentar.

Na liturgia do domingo passado, Jesus falou do Bom Pastor, aquele que orienta e guia seu rebanho. Quem o conhece e nele confia encontra segurança, água pura e verdes pastagens. Hoje Ele se apresenta como o único Caminho.

Milhares de irmãos andam desorientados e desconhecem o verdadeiro caminho. Como ovelhas desgarradas, procuram abrigo em locais pouco recomendáveis, trilham caminhos perigosos e confusos, apesar destes caminhos parecerem ser os mais fáceis.

Procuram a água da vida em cisternas poluídas, em locais onde nem “potável” a água é. Buscam facilidades e respostas para os seus problemas nos adeptos da teologia da prosperidade. Procuram abrigo em filosofias estranhas, pouco ou nada cristãs.

Não podemos esquecer que existe um caminho reto, luminoso e seguro que leva à vida; esse caminho chama-se Jesus, o Caminho por excelência que leva ao Pai.

Quantas vezes andamos desorientados, no escuro, perdidos, sem rumo e sem saber para onde ir e não nos lembramos de procurar em Jesus as respostas para as incertezas e angústias.

Jesus é a verdade. Só ele esclarece as nossas dúvidas e nos conduz para a verdade que salva e liberta. Ele é a Vida que refaz a nossa vida. Aceitar Jesus como caminho, verdade e vida, é muito mais que acreditar.

Aceitar Jesus é fazer da sua proposta a nossa própria vida. É caminhar por um caminho seguro que conduz à verdade e que nos dá vida plena. Aceita Jesus aquele que se dispõe a trilhar os difíceis caminhos em favor dos necessitados e que se sente grande no serviço aos pequenos.

O caminho de Jesus consiste na prática do amor a Deus e ao próximo. Esse amor é luz para os que andam sem rumo e, é também vida, força e coragem para os desanimados. Quem decide seguir os caminhos de Jesus, fatalmente vai encontrar a casa do Pai.

A casa que Jesus se refere, onde tem muitas moradas, não é necessariamente o paraíso, mas sim, a comunidade. Ali tem muitos lugares, ou seja, muitos serviços, muitas funções, muitos ministérios para serem desempenhados.

O caminho de Jesus conduz a gestos concretos, ou não é o verdadeiro caminho. Cuidado com o caminho espaçoso e fácil, pois pode ser um daqueles caminhos que conduzem aos abismos e levam à perdição!      

Nada se consegue sem suor. O verdadeiro caminho é estreito, difícil e pedregoso. Exige persistência, oração e atenção para não escorregar ou enveredar pelos atalhos que o dia-a-dia nos apresenta. Aceitar Jesus é uma decisão pessoal.

A aceitação começa na comunidade fraterna, onde a fé nasce, cresce e se torna vigorosa. Só assim o testemunho cristão se torna autêntico e convincente. Vamos seguir a Luz e arrastar milhares para esse caminho. Testemunhar a fé é caminhar com Jesus Cristo!

(2594)








2 comentários:

Severino Fernandes disse...

Bom dia meu irmão. Sabia reflexão.

Iracema Rocha disse...

Que palavras sábias! Que Jesus continue te abençoando para que continue trilhando sua caminhada rumo ao Pai.

Postar um comentário