.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

terça-feira, 9 de maio de 2017

-A minha paz vos dou-José Salviano.

16 de Maio de 2017
Cor: Branco
Evangelho - Jo 14,27-31a


Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:
27Deixo-vos a paz,
a minha paz vos dou;
mas não a dou como o mundo.
Não se perturbe nem se intimide o vosso coração.
28Ouvistes que eu vos disse:
'Vou, mas voltarei a vós'.
Se me amásseis,
ficaríeis alegres porque vou para o Pai,
pois o Pai é maior do que eu.
29Disse-vos isto, agora, antes que aconteça,
para que, quando acontecer,
vós acrediteis.
30Já não falarei muito convosco,
pois o chefe deste mundo vem.
Ele não tem poder sobre mim,
31amas, para que o mundo reconheça que eu amo o Pai,
eu procedo conforme o Pai me ordenou.
Palavra da Salvação.(CNBB).

Jesus nos ama e por isso nos deseja a paz.  A verdadeira paz.
Quando amamos uma pessoa, agimos sempre de forma egoísta. Querendo que ela esteja sempre conosco, do nosso lado, que não dos decepcione, e que não se interesse por outros, ou por outras coisas exageradamente, de forma que nos deixe de lado. Percebe-se então que o “eu” fica sempre em evidência. Ou seja, eu quero você perto de mim. Eu quero o seu amor. Eu, eu, eu...
Somos muito egoístas. A nossa demonstração de amor e paz aos nossos entes queridos, é sempre voltada para a nossa pessoa. A nossa preocupação com a pessoa amada, é sempre uma preocupação com a nossa pessoa.
Cuidado! Não vai lá! É perigoso!  Quer dizer: é perigoso que venha acontecer que EU ACABE FICANDO SEM VOCÊ. Sem o seu carinho, sem o seu amor que é só meu e de mais ninguém... Você entendeu?
Nós praticamente transformamos a pessoa amada em um mascote. Em um bichinho de estimação.  Você é meu, é minha. Não me abandone, não fique longe de mim.  E SE VOCÊ NÃO FOR MINHA, NÃO SERÁ MAIS DE NINGUÉM!  SE ACONTECER ISSO, EU TE MATO!!!!!!!!!
E mata mesmo! Isso vemos sempre nos noticiários. Fulano inconformado com o fim do “RELACIONAMENTO”, matou fulana.  É claro! Se fosse amor de verdade em vez de apenas relações sexuais, possivelmente não teria acontecido nenhuma tragédia!
Viu só até que ponto pode chegar uma atração física? Um amor egoísta? Um amor possessivo? Um amor que não é amor verdadeiro? Um amor que não é baseado no amor e na paz de Jesus Cristo?
Está provado que o amor baseado apenas na sexualidade não tem raízes. O prazer pelo prazer não preenche, não realiza, pode até satisfazer momentaneamente o instinto, mas não satisfaz a razão, e muito menos a nossa alma sedenta de paz e de amor verdadeiro.
Jesus não é assim. Ele nos ama de forma incondicional. A sua ternura, o seu amor por nós é infinito.
“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou”.
Meus irmãos e irmãs. É exatamente esta paz, a paz de Cristo, que estamos precisando nos momentos históricos em que estamos vivendo!
A violência espalhada em todos os lugares, nas cidades mais pacatas, nos recantos longínquos, em nenhum lugar mais existe a paz. Isto porque, os humanos buscam apenas a paz trazida pelo dinheiro, a paz egoísta, a paz que é falsa. Os humanos se esqueceram da PAZ DE CRISTO!

Mais infelizmente, por mais que se busquem a paz, ela nunca acontece. E em seu lugar, a violência destroça, arrasa, deixando muitos rastros de sangue, de dor e de traumas. E  por que isso não acontece? Porque a solução das crises políticas e da injustiça social, da corrupção,  está sempre sendo adiada? É  porque se aqueles que estão no comando não são a favor da moral e da ética. Por isso, a gestão social sofrerá, pois fica difícil, diante de tanto dinheiro, e de tanta influência de outros experientes, manter-se honesto.
        
Jesus ao ver os discípulos “Não se perturbe nem se intimide o vosso coração. Ouvistes que eu vos disse: 'Vou, mas voltarei a vós'. Se me amásseis, ficaríeis alegres porque vou para o Pai, pois o Pai é maior do que eu.”

Jesus enquanto Deus sabia muito bem,  que as perturbações não acontecem no coração mas sim, no cérebro. Porém, Jesus num processo de inculturação, (entrar na cultura e, nos costumes do povo) usando uma forma de falar a mesma linguagem do povo, usou a palavra “coração”, em vez  de mente.  Do mesmo modo em que Ele respeitando a cultura daquela gente que acreditava que as doenças eram causadas por demônios e pelos pecados, concordava em afirmar que estava expulsando os demônios, (pois muitos dos demônios que Jesus expulsou, não eram demônios na acepção da palavra, mas sim epilepsia). Foi por isso que Ele disse ao paralítico: "Teus pecados estão perdoados" . Respeitando a cultura local que acreditava que toda doença era causada pelos pecados da pessoa, e, também, Ele falou assim para provocar os líderes judaicos que se encontravam ali naquele momento. Não fiquemos, pois, perturbados, mas busquemos sempre a verdadeira paz.


A paz de Cristo. José Salviano.



Um comentário:

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

Postar um comentário