.

I N T E R N A U T A S-M I S S I O N Á R I O S

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS

e RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES.

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PARA PESQUISAR NESTE BLOG DIGITE UMA PALAVRA, OU UMA FRASE DO EVANGELHO E CLICA EM PESQUISAR.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Grande é a nossa fé-Helena Serpa

09/08/2017 - 4ª. Feira XVIII semana comum - Números 13, 1-2.25—14,1.26-30.34-35 – Se Deus é por nós quem será contra nós?”
O povo de Deus, quando teve notícia de que lá na terra para onde caminhava, apesar de nela correr leite e mel, havia habitantes gigantes aos quais teria que combater só viu as dificuldades e, motivado por alguns que haviam explorado a terra, desanimou e começou a murmurar. Nesta narrativa nós podemos refletir sobre o que acontece com cada um de nós diante do que Deus já projetou para a nossa vida. Ele tem sempre um plano perfeito para chegarmos à “terra prometida”, no entanto, a nossa humanidade fraca se acovarda diante das primeiras dificuldades e ficamos rodopiando na mesmice, porque não enfrentamos com fé os desafios da nossa caminhada. Muitas vezes morremos “na beira da praia” e não alcançamos os nossos propósitos porque nos apavoramos diante dos obstáculos, e por isso, nos sentimos fracassados. As nossas palavras têm poder! O Senhor pode tomá-las a sério e realizar aquilo que por inconsequência nós estamos afirmando. Por isso, as lamúrias do povo irritaram o Senhor, e Ele os deixou morrer na sua incompreensão, pisando no mesmo lugar durante quarenta anos e nem todos viveram para pisar na terra da promessa, embora já estivessem bem pertinho. Nós também almejamos alcançar a terra da felicidade e o Senhor nos instrui e nos orienta, porém Ele não nos promete vida fácil e sem luta. Ele nos garante a vitória depois da batalha e o troféu como prêmio da nossa perseverança, mas entendemos que com Deus nós teremos as coisas como passe de mágica e nos acovardamos quando antevemos que teremos que enfrentar os gigantes ao longo do caminho. Precisamos confiar em Deus que nos garante a chegada à terra definitiva. Não há felicidade sem busca nem vitória sem luta. Se Deus é por nós quem será contra nós? Quanto mais difícil for o caminho, maior será a conquista. Perseverança e não covardia é o que o Senhor nos propõe. Chegaremos lá, pois Deus combate por nós! – Você costuma morrer na “beira da praia” por medo de enfrentar os gigantes? – Você é daqueles (as) que quer desistir porque é muito difícil? – Você gosta das coisas “práticas” ou adere às sugestões do Espírito, embora sejam mais trabalhosas? – Você acha que alcançará a terra prometida? 

Salmo 105 – “Lembrai-vos de nós, ó Senhor, segundo o amor para com vosso povo!
A caminhada do povo de Deus pelo deserto é para nós um referencial para que nós aprendamos as lições que nos ajudarão a caminhar no deserto da nossa vida terrena. Por isso, precisamos confiar nos projetos do Senhor não somente nas horas dos livramentos, mas também nos momentos de dificuldades. Deus faz também hoje coisas assombrosas no meio de nós, abre o mar para nós e nos guia de noite e de dia. O Seu amor nos conduz, a Sua graça nos preenche e disso nunca podemos nos esquecer.

Evangelho – Mateus 15, 21-28 – “grande é a nossa fé”

A força do nosso “querer” é sinal de Fé e é uma motivação para que Jesus realize em nossa vida os milagres que almejamos. O Senhor faz em nós na medida do que nós queremos de coração. Assim aconteceu com a mulher Cananéia que não se rendeu diante dos argumentos de Jesus de que Ele fora enviado somente às ovelhas perdidas da casa de Israel, mas com fé e convicção, mesmo não se reconhecendo merecedora, pediu a Ele as migalhas que sobrassem da “mesa dos judeus”, e por isso, foi atendida. Da mesma forma que acolheu aquela mulher, Jesus também nos acolhe, mesmo que sejamos pecadores e, não façamos parte das “ovelhas perdidas da casa de Israel”!  Nós mesmos não temos merecimentos, não podemos cobrar nem exigir direitos, porém “grande é a nossa fé” e isto basta para que Jesus venha também nos alimentar e a todos que são humildes para reconhecê-lo. Que também sejamos perseverantes e não cessemos de gritar: “Senhor, socorre-me!" A fé é o argumento que mantém a nossa esperança na hora do desespero! A nossa perseverança na oração aliada à certeza de que o Senhor está do nosso lado fará com que também consigamos Dele tudo de que precisamos.     - A sua fé também é grande como a da cananeia? – O que tem atraído você para Deus? -  Você se acha um “caso liquidado” ou tem esperança de plantar e colher frutos de conversão?  - Você se acha merecedor (a) da Salvação que Jesus veio trazer ao mundo? 

3 comentários:

Anônimo disse...

Eu todos os dias faço a leitura do dia e complemento com os comentários dessa equipe para complementar meus ensinamento e por em prática muito obrigado, que o Senhor Deus continue derramando benção a todos na Paz de Cristo, Jair Ferreira.

José Maria Nascimento disse...

Obrigado Senhor, obrigado Helena !!!

Mariano Silveira disse...

DEUS te abençoe e te ilumine. Obrigado p/ reflexão.

Postar um comentário